Rationalizing transportations service: a case study on the standardization of logistics service providers

Main Article Content

Clayton de Oliveira Pires
Leonardo Botossi Ciomini
Leonardo Gaifato Leite

Abstract

Due to high competitiveness on supply chains, small economies tend to become very important to overall costs reduction and represent marketing gains. The aim of this study is to analyze if the rationalization in low value deliveries, lower than R$ 2,000.00, will be able to generate a considerable cut of costs. To perform this exploratory study, company historic was analyzed and surveys were performed with several suppliers. The studies showed it is possible to reduce freight average impact in relation to the sold value at 44.03%. This result points to the advantages in coordinating more rationally the process of hiring transportation providers.

Downloads

Download data is not yet available.

Metrics

Metrics Loading ...

Article Details

Section
Articles

References

BALLOU, R. H. (2014) Logistica empresarial: transportes, administração de materiais e distribuição física. São Paulo: Atlas.

BRAGA, V.; CASTILLO, R. (2013) Tipologia e topologia de nós logísticos no território brasileiro: uma análise dos terminais ferroviários e das plataformas multimodais. Boletim Campineiro de Geografia, v. 3, n. 2.

CHRISTOPHER, M. (2007) Logística e Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos: criando redes que agregam valor. 2ª ed. São Paulo: Thomson lerning.

FERRI, G. L.; CHAVES, G. L. D.; RIBEIRO, G. M. (2015) Análise e localização de centros de armazenamento e triagem de resíduos sólidos urbanos para a rede de logística reversa: um estudo de caso no município de São Mateus, ES. Production, v. 25, n. 1, p. 27-42, jan./mar.

KAMINSKI, L. A. (2004) Propostade uma sistemática de avalição dos custos logísticos da distribuição física – o caso de uma distribuidora de suprimentos industriais. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

LOPES, L. F. L. (2013) Uma análise do ambiente mercadológico de uma empresa do setor mecânico sob perspectivas de Porter. Revista de Administração da UFSM, v. 6, n. 1, p. 103-118, jan./mar.

LUNKES, R. J.; SAGAZ, F. R. (2012) Back to Back: Um enfoque na redução dos custos logísticos e tributários. Sociedade, Contabilidae e Gestão. v. 7, n. 1, p. 125-139.

MINADEO, R. (2012) Inovações em serviços: adoção do Just in Time pela rede varejista Zara. GEPROS. Gestão da Produção, Operações e Sistemas, Year 7, n. 1, jan-mar.

MIRANDA, R. F. Q.; BEZERRA, M. R.; GIGANTE, T. C.; DUARTE, D. L. (2014) Impactos da utilização de sistema de informação logístico no compartilhamento de informações na cadeia de suprimento de sobressalentes da Marinha do Brasil. XVII Simpósio de Pesquisa Operacional e Logística da Marinha, Blucher Marine Engineering Proceedings, v 1.

OLIVEIRA, J. B.; LEITE, M. S. A. (2010) Modelo analítico de suporte à configuração e integração da cadeia de suprimentos. Gestão da Produção, São Carlos, v. 17, n. 3, p. 447-463.

OLIVEIRA, R. R. (2013) Do cerrado mato-grossense para a Amazônia ocidental: os desafios de reduzir os custos logísticos e manter o produto (açúcar) competitivo. Revista Eletrônica de Tecnologia e Cultura, n. 13, p. 182-191, out.

PIANA, J.; ERDMANN, R. H. (2011) Fatores geradores de competitividade na manufatura: uma relação entre práticas e resultados. Revista de Administração da UFSM, v. 4, n. 1, p. 73-90, jan./abr.

ROSA, F.; OLIVEIRA, L. A. (2010) A importância da logística na formação de custos. Maringá Management: Revista de Ciências Empresariais, v. 7, n. 1, p. 22-31, jan./jun.

SALGADO, T. T. (2013) Logística: Práticas, técnicas e processo de melhorias. São Paulo: Editora Senac.

SANTOS, L. A. A.; BOTINHA, R. A.; LEAL, E. A. (2013) A contribuição da logística reversa de pneumáticos para a sustentabilidade ambiental. RACE, Unoesc, v. 12, n. 2, p. 339-370, jul./dez.

SILVA, M. E.; FIRMO, L. A.; SOUSA, I. G. (2014) Fluxo de materiais numa cadeia de suprimentos: o estudo do manuseio de embalagens em Campina Grande – PB. INOVAE - Journal of Engineering and Technology Innovation, São Paulo, v. 2, n. 2, p. 81-99, mai./ago.

SILVEIRA, M. R. (2013) Infraestruturas e logística de transportes no processo de integração econômica e territorial. Mercator, Fortaleza, v. 12, número especial, n. 2, p. 41-53, set.

SOUZA, D. F.; MARKOSKI, A. (2012) A competitividade logistica do Brasil: um estudo com base na infraestrutura existente. Revista de Administração. FW, v. 10, n. 17.

SOUZA, F. B.; PIRES, S. R. I. (2014) Produzindo para disponibilidade: uma aplicação da Teoria das Restrições em ambientes de produção para estoque. Gestão da Produção, São Carlos, v. 21, n. 1, p. 65-76.

SOUZA, M. A.; LEMOS, L. B.; ZORZO, L. S. (2014) Comércio tradicional versus comércio eletrônico: um estudo de caso sob o olhar da gestão de custos. Sociedade, Contabilidade e Gestão. Rio de Janeiro. v. 9. n. 2. mai./ago.

VASCONCELLOS, T. C.; MARINS, F. A. S.; JUNIOR, J. M. (2008) Implantação do método activity based costing na logística interna de uma empresa química. Gestão da Produção, São Carlos, v. 15, n. 2, p. 323-335, maio-ago. .

VENTURA, M. M. (2007) O Estudo de Caso como Modalidade de Pesquisa. Revista SOCERJ. Pedagogia Médica, v. 20, n. 5; setembro/outubro, p. 383-386.

VITORINO, C. M. (2012) Logística. São Paulo: Pearson Prentice Hall.